Nota de repúdio

Publicado em: 20/09/2019 Categoria » Geral

 

NOTA DE REPÚDIO

                   O Sindicato dos Trabalhadores do Estado de Rondônia – SINDSAUDE/RO, vem a público repudiar o pronunciamento do Secretário de Saúde, Dr Fernando Máximo, em entrevista e nas redes sociais, com a clara intensão de colocar a população contra os trabalhadores da saúde ”não podemos deixar a população sem assistência da enfermagem, sem assistência de uma forma comum ou de uma forma honesta.”. Gostaríamos de esclarecer alguns pontos na fala do Senhor Secretário Estadual de Saúde:

  1. NÃO É VERDADE que o servidor é contra a instalação do ponto eletrônico. O que esta se questionando, é que embora contratados por 40 horas semanais os servidores lotados nas unidades de saúde trabalham, em sua maioria, no regime de plantão de 12 x 36 há 32 anos, sem horário de descanço após o almoço e jantar da lavanderia à recepção;
  2. NÃO É VERDADE que os trabalhadores da saúde estão recebendo insalubridade, pois os servidores contratados a partir de 2009 não conseguem receber por falta de laudo técnico, que é de responsabilidade do governo do estado emitir. Os que recebem, conseguem somente através de ações judiciais. O Sindsaude protocolou proposta de acordo na sentença judicial da Fhemeron e até o momento a SESAU não apresentou contra proposta;
  3. NÃO É VERDADE que os servidores da saúde estão recebendo diferença de progressão. De mil servidores encaminhados à folha de pagamento com cálculos, somente 240( duzentos e quarenta) receberam de fato de janeiro a agosto/19;
  4. NÃO É VERDADE que desde 2017 estão querendo implantar 14 ou 15 plantões. A verdade é que em 2018 o ex-Secretário Estadual de Saúde, Dr Williames Pimentel junto com o Conselho Estadual de Saúde/CES, homologaram a Resolução n 051/2013/CES/RO, deliberando escalas de 12 plantões nas unidades de saúde estadual, também atendendo parecer jurídico do SINDSAUDE/RO;

A verdade é que o estado não tem proposta de reajuste salarial para os trabalhadores da saúde. Os servidores tem que se sujeitar a duplos vínculos para sustentar as suas famílias.

OS TRABALHADORES DE SAÚDE ESTÃO:

  • sem Revisão Geral Anual de Salário desde 2015;
  • Sem Revisão do PCCR há 16 anos;
  • Com péssimas condições de trabalho em todas as Unidades de Saúde, todas estão sucateadas (JPII, HB,HICD, Cemetron e EURO Cacoal....etc;

                   A VERDADE que a população tem que saber é que os trabalhadores da saúde são heróis dentro das unidades de saúde. O caos na saúde não culpa dos servidores. Dr Fernando Máximo, no momento o Senhor está Secretário Estadual de Saúde, os cargos passam e os servidores permanecem e continuarão atendendo a população como sempre fizeram.

 

CÉLIA CAMPOS

Presidente Sindsaude/RO

Comentários:

Seja o primeiro a comentar.

Faça um comentário sobre esta postagem: