Sindsaúde discute recomposição salarial e Plano de Carreira de servidores com a Mesa de Negociação

Publicado em: 30/05/2016 Categoria » pol�tica

Clique para ampliar


A direção do Sindsaúde e representativos da saúde rondoniense reuniram-se antes do feriadão da semana passada com técnicos da Mesa de Negociação Permanente do Governo do Estado (MENP) para discutir uma proposta de recomposição salarial e o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Servidores da Saúde (PCCR).


Em mais de três horas de discussão no Gabinete da Secretaria de Estado da Saúde, os representantes sindicais e patronais chegaram a um encaminhamento: o Governo terá 30 dias para analisar o impacto na folha de pagamento sobre o aumento do valor da GAE - Gratificação de Atividade Específica.


Após esse prazo, haverá uma reunião dia 25 de junho, onde serão apresentados os cálculos e a contraproposta. Se a contraproposta for aceita, os novos valores da GAE serão acrescidos na folha de pagamento de julho, com retroativo a junho. Os sindicatos farão assembléia geral para aprovar a proposta.


Em relação ao PCCR, as negociações serão da seguinte forma: as discussões entre os sindicatos e o Governo vão continuar, começando pelo estudo de impacto na folha de pagamento, uma vez que os valores do PCCR são bem maiores e por isso demandará maior tempo de discussão.


O prazo acordado pelo Governo e pelos sindicatos é novembro para o PCCR possa ser votado ainda em 2016 e implantado em 2017, já com previsão na Lei Orçamentária. A partir desta terça-feira 31.05, o Sindsaúde estará realizando assembleias nas unidades de saúde da capital e interior dando detalhes sobre as propostas.


A MENP teve como representantes na reunião, a Sefin (Finanças), a GRH/Sesau (Saúde), Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog) e Procuradoria Geral do Estado (PGE). Dos sindicatos, participaram o Sinderon (Enfermagem) e Sintraer (Servidores Administrativos).

Comentários:

Seja o primeiro a comentar.

Faça um comentário sobre esta postagem: